sexta-feira, 6 de setembro de 2013


As borboletas
Faz tempo que não apareciam
Sentia falta de seus passos desenfreados
Passos que contorciam meu estômago
Causando um misto
Ansiedade x Felicidade
As borboletas
Começam a voltar
Com novos passos
Passos sincronizados
Mas ainda trazem consigo
Ansiedade x Felicidade
E um leve sabor de paixão
As borboletas
Voltaram
Quero que elas permaneçam
Com seus passos
Que fazem bem
A minha alma
Ao meu coração

Lidy Mota

3 comentários:

  1. Muito bom, muito bom mesmo. Vejo que escrever é de família. Lindo poema.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir